Artigos

14/03/2019
Tipos de termômetros: entenda qual o melhor para o seu processo

Em Conhecimento e informação, Instrumentos de medição, Metrologia, Sobre a área de medição

Parece fácil, mas na hora de escolher a compra do melhor instrumento de medição para utilizar em um processo de medição será que realmente acertamos nas escolhas ? Entre a busca pelo melhor instrumento de medição nos deparamos inúmeras especificações técnicas, designs diferentes, preços variados e diversas opções de fabricantes, o que pode nos deixar ainda mais confuso na decisão pelo melhor instrumento de medição. Neste artigo, vamos apresentar os principais tipos de termômetros utilizados e suas principais aplicações nos diversos ramos da indústria.

Termômetro de líquido em vidro (TLV)

O termômetro de líquido em vidro (TLV) é um instrumento de edição, cujo funcionamento se baseia na diferença de expansão entre o líquido termometrométrico, cujo mais comum é o Mercúrio, e o vidro capilar, em função da temperatura. Esse termômetro é muito utilizado na medição da temperatura de diversos líquidos, utilizados nas indústrias na faixa da água, ou seja, no intervalo de 0˚C a 100˚C.

Um exemplo é a utilização no ramos petrolífero, com a medição da temperatura do petróleo e seus derivados quando armazenados em tanques ou transportados em veículos tanques rodoviários. Outros exemplos estão na indústria alimentícia, com a medição de líquidos como o leite, cerveja, sucos e diversos outros produtos perecíveis. Também temos a utilização desse modelo de termômetro na preparação de substâncias líquidas como loções e cremes na indústria de cosméticos, ou na formulação de medicamentos na indústria farmacêutica.

A calibração de um termômetro de líquido em vidro, TLV deve ser realizada em intervalos apropriados com o uso do instrumento de medição. A norma brasileira ABNT NBR 15970 Termômetro de líquido em vidro — Calibração, especifica o método de calibração de termômetros de líquido em vidro, por comparação com padrões de temperatura, e é uma das referências utilizadas pela ACC PR em seus métodos de medição.

Termômetro digital de espeto

O termômetro digital de espeto é um instrumento de medição com ampla utilização no ramo alimentício. O uso desse tipo de termômetro necessita do monitoramento constante pelo operador, que executa várias medições a fim de controlar a temperatura do produto.

Esse termômetro também possui sua aplicação no ramo clínico e é utilizado para medir a temperatura corporal. Com um design apropriado para uso humano , é de fácil utilização e consegue rápida resposta ao usuário.

Ambos os termômetros devem possuir seu certificado de calibração em dia e intervalos de calibração planejados pelo usuário.

Termômetro infravermelho

Os termômetros infravermelhos são também conhecidos no mercado com o nome de pirômetro, do grego pyro, que significa fogo, e metros, que significa medida/medição. O uso desse tipo de termômetro vem da necessidade de medir a temperatura de objetos muito quentes, e que impossibilita o contato direto como metais fundidos, cerâmicas e outros processos industriais. Os pirômetros se dividem em dois grandes grupos, os pirômetros ópticos e os pirômetros de radiação.

Os termômetros de radiação tornaram-se amplamente utilizados em processos, manutenção de instalações e indústrias de alimentos e apresenta algumas vantagens como a medição de temperatura em materiais do processo que estão em movimento, ou em que se deve evitar contaminação.

É importante salientar que esse tipo de termômetro utiliza a emissividade para realizar a medição. A emissividade é uma propriedade que diz respeito a capacidade de objetos de emitir e absorver a radiação (infravermelha ou visível).

O INMETRO possui um documento orientativo para a calibração deste tipo de termômetro e pode ser consultado através do documento DOQ-CGCRE-054 – Orientações para a calibração de termômetros de infravermelho (pirômetros), referência também utilizada pela ACC PR em seus métodos de calibração.

Termômetro bimetálico

Os termômetros bimetálicos baseiam-se no efeito de dilatação de um material composto por dois componentes metálicos com coeficientes de dilatação diferentes. A dilatação acontece quando uma barra de metal ligada a outra barra de metal diferente são aquecidas ou resfriadas, o que resulta em diferentes alterações nos comprimentos dos metais, produzindo uma deformação na barra similar ama curvatura. Esse curvatura é utilizada como indicador para abrir ou fechar válvulas bem como ligar ou desligar circuitos elétricos ou em alguns casos registrar a quantidade de corrente que atravessa a barra.

Estes termômetros têm aplicação similar às dos termômetros de vidro, porém, por serem mais resistentes, admitem condições de trabalho mais pesados sendo utilizados para medir temperaturas na faixa de -50 a 500ºC . O tempo de resposta desse tipo de termômetro é lento, dependendo as dimensões e massa da haste. Suas aplicações vão desde a aplicação em recipientes com água quente, fornos e caldeiras industriais, sistemas de calor, aquecedores à base de luz solar e espaços com transferências de temperatura, ou para aferições térmicas em operações com água, óleo, ar e outras substâncias. Também é aplicado em procedimentos alimentícios, petroquímicos e nas indústrias de papel e celulose, entre outros.

Termômetro Max-Min

Os termômetros de máxima e mínima que, como o próprio nome sugere, indicam a temperatura mais alta e a mais baixa atingida pelo termômetro em um certo intervalo de tempo. Esses termômetros são muito utilizados para observação da temperatura ambiente, em que pretende registrar quais os extremos de alcançados no local em medição

As aplicações deste equipamento são amplas, sendo mais comumente usado em transporte de produtos, laboratórios, cozinhas, veículos, balcão frigorífico e ambientes de refrigeração em geral. Tem sido também usado na agropecuária (avicultura, suinocultura, criatórios em geral) dentre outros.

Termômetro com sensor externo

Os termômetro com sensor externo possuem um sensor de temperatura disponível para medição de produtos na faixa de trabalho de -20 a 70°C. São amplamente utilizados no ramos alimentício, farmacêutico, em laboratórios, entre outros.

A facilidade de utilizar este tipo de termômetro está na sua fácil aplicação em substância líquidas, por exemplo, em que pretende monitorar constantemente a temperatura do líquido. Por exemplo, em laboratórios de calibração , a água destilada para calibração de instrumentos de medição como vidrarias volumétricas deve ser sempre monitorada e estar dentro de uma faixa de temperatura aceitável para calibração.

Como podemos ajudar a sua empresa?

A ACC PR Engenharia de Medição com um corpo técnico altamente qualificado e com mais de 20 anos de experiência pode ajudar sua empresa a aplicar os conceitos de metrologia produtiva, auxiliando na avaliação de potenciais de melhorias e ações efetivas para garantir a qualidade das medições e assim agregando valor aos seus processos e produtos.

Conhecimento metrológico e suas aplicações são fundamentais para a busca da melhoria contínua e para garantir uma boa produtividade e ações assertivas.

Entre em contato conosco e entenda como podemos ajudar você a gerar valor

Referências
[1] DOQ-CGCRE-054: Orientações para a calibração de termômetros de infravermelho (pirômetros)
[2] DOQ-CGCRE-009: Orientação para acreditação de laboratórios para o grupo de serviços de calibração em temperatura e umidade
[3] ABNT NBR 15970: Termômetro de líquido em vidro — Calibração